Comprar Likes no Facebook

Comprar Likes no Facebook

Neste sentido, frequentemente surge a questão se devemos comprar seguidores no Facebook, se vale a pena comprar likes, como se processa, entre outras questões. Neste artigo vamos explicar este fenómeno e quais são os os perigos que isto pode trazer para a página do seu negócio.

Comprar Likes no Facebook, Sim ou Não?

 

 


Como é que o Facebook funciona:

 

Em suma, os seguidores da sua página de Facebook perfaz o público que mostrou interesse em acompanhar a sua página e receber comunicações da mesma. Quando publicar alguma coisa na sua página, o Facebook irá mostrar a publicação a uma percentagem dos seus fãs (geralmente 2% a 5%), sendo que dependendo da interação (gostos, comentários, partilhas, clicks em links) que a publicação tiver, esta irá ser mostrada a mais pessoas progressivamente, juntamente com o alcance que ganhar por aparecer na atividades dos amigos de cada pessoa que interagir.

Portanto, quanto mais seguidores tiver, à partida terá mais hipóteses de a sua publicação aparecer a mais público e ter mais interações, certo? Poderá não ser bem assim, veremos:

Como comprar Likes no Facebook?

 

Com a crescente popularidade do Facebook e o aumento da percepção e necessidade dos negócios estarem presentes na rede social, cada vez existem mais opções para comprar likes ou comprar seguidores no Facebook. Os websites que prometem estas “maravilhas” são facilmente encontrados e a facilidade para encomendar os serviços é bastante extensa. Por apenas 10, 20 euros é possível comprar milhares de seguidores instantâneos para a sua página. Também há outras opções menos conhecidas como programas que geram likes, troca de seguidores com outras empresas e até grupos e esquemas de likes para páginas.

… mas será que isso vale mesmo a pena? A seguir enumeramos as razões porque estes esquemas não são tão maravilhosos como aparentam. Continue a ler o nosso artigo!

Vale a pena comprar Likes no Facebook?

 

Recomendamos já: NÃO!

Na verdade, comprar likes ou comprar seguidores no Facebook pode até destruir a sua página por completo, obrigando a começar do zero e reconstruir o seu conteúdo todo de novo.

Para entender melhor os perigos e os motivos pelos quais não deve comprar likes no Facebook, anunciamos abaixo 5 razões:

 

1. Não vai ter qualquer interação!

Ao comprar seguidores para a sua página de Facebook, irá estar a adicionar pessoas aleatórias ao público que o segue. Ou seja, esse usuário nunca manifestou real interesse no seu conteúdo, portanto, ele não irá interagir com os conteúdos que publicar!

Se a sua página já tiver seguidores que o seguiram legitimamente (e portanto, querem ouvir o que seu negócio tem a dizer), ao ter o seu público preenchido de seguidores sem qualquer interesse, irá sobrepor e dividir o alcance das suas publicações entre eles.

Na verdade, irá estar a escrever publicações e a partilhar conteúdo para pessoas que não estão interessadas no que diz, sendo o seu esforço em vão e sem qualquer retorno visível.

Lembre-se: quantidade não é qualidade.

 


2. O seu negócio vai perder a credibilidade.

No seguimento da razão anterior, uma das consequências é que o seu negócio irá perder toda a sua credibilidade.

Repare, caso um usuário chegue à sua página e se dê conta que tem um elevado número de seguidores mas depois não tem interação nenhuma nas suas publicações, das duas, uma:

  • Ou o usuário vai pensar que as suas publicações são fracas e sem interesse para o negócio, e por isso não geram interação;
  • Ou o usuário irá perceber que está de facto a comprar seguidores para a sua página, e isso vai-lhe deixar mal visto.

Quando o seu potencial cliente perceber que está a pagar para conseguir ser popular e “forçar” pessoas aleatórias a gostar da sua página, ele vai ficar de pé atrás e desconfiado do seu conteúdo e das suas práticas.

O ideal é sempre que a sua página seja uma comunicação bilateral entre o seu negócio e os seus fãs. É importante que se estabeleça um ambiente acolhedor para que os seus verdadeiros fãs sintam-se bem e interajam consigo e entre eles.

Saiba aqui:  Como o podemos ajudar a fazer uma gestão profissional de uma página de facebook

 

3. O alcance das suas publicações até podem diminuir.

Além do problema da perda de credibilidade, comprar likes ou seguidores no Facebook podem de facto diminuir o alcance das suas publicações futuras.

Parece contraditório, mas pense, as suas publicações em vez de aparecerem para fãs que poderiam comentar, gostar e compartilhar no seu feed (e por consequente espalhar a sua mensagem), irão aparecer para seguidores falsos, que não irão realizar qualquer interação (porque o conteúdo não lhes interessa) e por isso irão diminuir o rating do seu conteúdo, e cortar-lhe o alcance.

A longo prazo o algoritmo do Facebook irá definir o seu conteúdo como fraco e sem interesse para os seus seguidores, alcançando assim cada vez menos pessoas até um ponto em que a sua página pode de facto ficar com alcance zero e sem qualquer utilidade.

4. As estatísticas sobre o seu público vão ficar insignificantes.

Devido ao elevado detalhe dos perfis criados, o Facebook é uma ferramenta muito poderosa para fazer avaliações demográficas sobre o seu negócio.

O Facebook Analytics, ferramenta de dados do Facebook, é um excelente lugar para saber idade, género, localização, comportamento, entre outras características dos fãs da sua página. Desta forma irá ganhar informação preciosa que o irá ajudar a perceber informações sobre os seguidores que têm interesse no que promove, podendo adaptar o seu produto ou a sua comunicação no futuro.

No entanto, ao comprar uma avalanche de seguidores falsos, estas informações irão perder todo o valor pois irão misturar dados de milhares de perfis que não são o seu público alvo. Deste modo não vai poder utilizar uma ferramenta poderosa para desenvolver as suas estratégias de marketing digital.

5. Não irá ter conversões.

Ora, se os seus seguidores não têm interesse no seu negócio, também não irão ter interesse no que promove. Mesmo que consiga comunicar com os seus novos seguidores “falsos”, as suas conversões serão muito fracas, ou até mesmo inexistentes, seja a venda de um produto, serviço, ou até o preenchimento de um formulário.

Caso consiga também emails, por exemplo, não vale a pena integrar em listas de anúncios de Facebook, pois esses emails já foram utilizados inúmeras vezes e não tem qualquer valor para anunciantes.

Conclusão: vai ser um desperdício total de dinheiro!

 

Então, como ganhar seguidores no Facebook?

 

Se não vale a pena comprar likes no Facebook, sendo inclusive uma prática perigosa, então como chegar a milhares de pessoas para comunicar o seu negócio?

Na verdade o número de seguidores da sua página muitas vezes é apenas uma métrica de vaidade. É verdade que ajuda na divulgação da sua mensagem e dá autoridade à página, no entanto mais importante do que ter muitos seguidores,  é ter os seguidores certos que respondam aos seus esforços de marketing. Para construir o seu público, a sua estratégia tem que assentar em dois alicerces:  conteúdo e perseverança!

O conteúdo é aquilo que irá comunicar para os seus seguidores. Ele terá que ter qualidade e relevância para o seu negócio, garantido que ganhe fãs e que estes fiquem continuamente interessados no que publica e eventualmente convertam naquilo que promove.

Construir um público interessado e leal à sua marca é um esforço a longo prazo, que nunca acaba! É necessário manter sempre uma comunicação bilateral, é importante que comunique com os seus fãs, e não só para os seus fãs. Construa uma relação de confiança e de interesse para ambos.

Algumas ações para começar a valorizar a sua página e a imagem do seu negócio são:

  • Elaborar uma persona:  o primeiro passo para começar a sua estratégia digital é fazer uma pesquisa dos gostos, interesses, comportamentos, medos e desejos do seu consumidor.  Desta forma poderá moldar o seu cliente típico, a persona, de modo a conseguir definir melhor os seus produtos ou serviços, bem como toda a sua comunicação.
  • Publicar o conteúdo certo: conteúdo com qualidade é fundamental para manter uma página ativa e com interesse para os seus fãs. Se se limitar apenas a divulgar os seus produtos ou serviços, vai parecer um canal de televendas e os seus fãs vão desistir da página. Partilhe conteúdo interessante, vídeos engraçados, notícias curiosas, gifs, listas, eventos, imagens… Aprenda a variar, e traga informação de relevância sobre o seu negócio e a sua área, tendo cuidado com o melhor meio para apresentá-la.
  • Ter um Design profissional: imagem vende! Tão importante quanto o conteúdo do que partilha, é a imagem do mesmo. Tenha uma imagem consistente, cuidada e profissional que seja apelativa e dê valor às suas publicações.
  • Ter um bom ritmo de publicação:  através do analytics analise quando o seu público está mais ativo na sua página e publique nos dias certos às horas certas. Geralmente a frequência de publicação recomendada é 3x por semana, no entanto isto pode variar de negócio para negócio!

Parece-lhe complicado? Estas são apenas algumas das muitas guidelines que existem para ter uma página de sucesso no Facebook de modo a construir uma legião de fãs fieis à sua marca que compram os seus produtos/serviços e ainda recomendam para os amigos.

No entanto é um trabalho difícil para quem não tem formação específica na área e também não tem a devoção e o tempo necessário para cuidar da presença online, pois a gestão de um negócio já exige muito esforço e tempo. Posto isto, o melhor conselho que podemos dar é:

  • Contrate uma empresa profissional como a SITE.PT: ao contratar uma empresa especialista em redes sociais terá à sua disposição gestores de marketing profissionais que irão tratar de toda a sua presença online com o profissionalismo e qualidade que o seu negócio merece.

Deixe a gestão das redes sociais do seu negócio para profissionais dedicados que irão publicar o conteúdo certo para os fãs certos, construir o público da sua marca e angariar-lhe contactos e vendas!

 

Veja as soluções que temos para si na nossa página:

Gestão de Redes Sociais